Skip to main content

Gato e sapato.

gatoesapato

Você já ficou sozinho com a baixinha em casa, sem a mãe pra segurar as pontas?

Pois é, isso aconteceu comigo esses dias e você pode imaginar como foi!!

Antes da mãe sair pra ir tomar uma com as amigas (você não leu errado, esse mundo tá virado!) e deixar o sofredor em casa, tem aquele monte de recomendações: não dá chocolate, dá banho na menina, não deixa ela enfiar a mão na boca do cachorro, não faz isso, não faz aquilo e por aí vai. Vinte minutos depois ela sai de casa e estamos só eu e ela. E agora, como entreter nossa pequena princesa?

– Pai, vamos brincar no meu quarto com as Monster High?
– Ah filha, vamos brincar de outra coisa.
– Princesas então?
– Humpf.
– Barbie???
– Tá bom filha, vamos brincar com as monstrinhas.

Cinco minutos depois já esqueceu das Monsters e quer pegar as Barbies!

– Não filha, vamos jogar videogame (yess!!).
– Tá bom, pai, mas vamos jogar o jogo das Monsters High!

Ó vida!!

Pelo menos não tem que pentear o cabelo das monstras.

– Filha, tá na hora de jantar. A sua mãe deixou frango pronto, com arroz e salada.
– Pai, quero Purê de Batata!
– Que? Purê de que? O que é batata? Como faz isso?

Lá vai o sofredor descascar as benditas, cozinhar, amassar, mexer e sei lá mais o que.

– Hora do banho e depois pijama e cama.
– Tá bom pai, mas quero por a camisola da Rapunzel. E tem que por a trança e a luva.
– Vai dormir ou vai numa festa à fantasia?

Mas pai que é pai é bobo e faz todas as vontades. E assim foi ela pra cama, fantasiada e o que ela quis ver na TV? Rapunzel. Overdose total de princesas.

Deu 1 horinha assistindo, dormiu. Mas antes perguntou se a mãe tava chegando e ficou o tempo toda grudada no pai.

Essa é a melhor parte de ser pai de menina.

Leonardo Sanches | Gerente de projetos

Comentários

comentário(s)