Skip to main content

Jogo da memória

Sabe aquele tipo de jogo que você joga com as crianças sabendo que vai ganhar.

A ideia do Pai é até dar uma relaxada pra deixar a princesa ganhar, mas confesso que sou muito competitivo e a criança tem que aprender a perder de vez em quando não é?

Pois bem, no final do ano passado a Lana ganhou uma série de jogos que brincamos de vez em quando.

Mas o jogo da vez é o da memória, pra variar, das princesas da Disney.

Separei as peças na cama, alinhei com um grid de 20 peças, e lá começa o jogo, logo de cara já disparo com a Cinderela  e Jasmine, Entre uma e outra que não dão certo, só escuto do meu lado.

“Opa, achei a Branca de Neve”. “Ah, a Bela e a Fera”, “Rapunzeeel”, e tome-lhe sequência da Anã de 4 anos que zombava da minha cara.

Me recuperei com uma boa levada de Valente, Bela Adormecida, mas não foi suficiente Contra mais uma bateria de Ariel e uma Coroa.

Olhei pra minha mão, e pensei, como pode? Perder pra minha filha de 4 anos?

Ia pedir uma revanche, mas fiquei com medo de tomar outro coro. Aceitei minha derrota, e falei vamos jogar um X-box? Essa eu tenho certeza que ganho.

Comentários

comentário(s)

Henrique Filho

28 anos, publicitário, amante de café, futebol, pacote adobe, pai da Lana e da Mariah

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.