Skip to main content

Minha Vallentina

Filha, você foi a única mulher que fez seu pai chorar com sinceridade.

 

E foi um choro diferente, o pior da minha vida, você fez o papai chorar por dentro, porque enquanto todo mundo podia se preocupar, papai tinha que estar ali firme. Peguei você assim que saiu da sua mãe e fiquei do seu lado até a hora que pela única vez na nossa vida, poderiam me proibir de ficar com você.

 

E o dia que chorei, chorei sozinho, e por horas, porque a minha vontade era quebrar a UTI, a incubadora, o hospital, aquela porra toda e te segurar nos meus braços a vida toda!

 

Hoje você ta linda, grande e saudável. Mas cada vez que te vejo continua me dando vontade de chorar. Mas de felicidade, porque sinto tua falta a cada minuto que estou longe de você, e você é a coisa mais perfeita que um cara tão imperfeito como eu poderia ter feito na minha vida.

 

Porque minha vida é você.

Márcio Matias, 27 anos, pai da Vallentina.

11094003_800458510031655_93493337_n

11127861_800458506698322_318471816_n

 

11169007_800458520031654_1064630275_n

11169040_800458523364987_1650462636_n

 

11173425_800458516698321_64069350_n

11180111_800458513364988_1226667076_n

Comentários

comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.